Dourados/MS, Domingo, 24 de Setembro de 2017 | 09:45
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 16 de Agosto de 2017, 10h:05
Tamanho do texto A - A+

Dourados registra aumento em multas no trânsito

Infrações cresceram 122% nos primeiros seis meses de 2017 no munícipio

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

O motorista douradense aumentou a estatística em multas no trânsito no primeiro semestre de 2017. De acordo com dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), nos seis primeiros meses foram aplicadas 51.946 infrações. Em comparação com o mesmo período do ano passado, onde foram relatas 23.385, houve um aumento de 122%.

Divulgação

Dourados registra aumento em multas no trânsito

Radares foram instalados na Marcelino Pires em dezembro e elevaram o número de multas no trânsito


O principal vilão do douradense é o excesso de velocidade e o fato de radares serem instalados na região central em dezembro do ano passado, contribuiu para tal número. Na Avenida Marcelino Pires, foram implantados radares em três cruzamentos (Presidente Vargas/ Hayel Bon Faker/ e José de Alencar) sendo que deve se respeitar o limite de 50 km/h.

A velocidade acima do permitido em até 20% foi o motivo de 32.737 multas No ano passado, no mesmo período, foram registradas 10.908 para este tipo de infração. Já para velocidades de 20% até 50% acima do permitido teve 6.222 multas, contra 3.048 do ano passado.

Avançar em sinal vermelho foi causa de 2.980 infrações e aparece no terceiro item do ranking. Na sequência, estão as multas de deixar de efetuar o registro do veículo em 30 dias (1.921 multas); não usar o cinto de segurança (1.758 multas); parar sobre a faixa de pedestre em baixo do radar (1.682 multas); e estacionar em desacordo com o estacionamento rotativo (1.643 multas).

Um dado que chama atenção nesta lista é o uso de celulares durante a direção. Segundo o Detran, 624 foram multados por este tipo de infração. No ano passado, no mesmo período, 801 foram autuados.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix