Dourados/MS, Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 13 de Fevereiro de 2019, 15h:51
Tamanho do texto A - A+

Risco de contaminação faz empresa recolher carne de frango produzida em MS

BRF anuncia possível contaminação pela bactéria Salmonella enteritidis em lotes do mercado interno e exportação

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

Jonas de Oliveira/ANPR

Frango

Lotes foram produzidos na fábrica em Dourados

A empresa de alimentos BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, anunciou que fará o recolhimento de aproximadamente 164,7 toneladas de carne de frango in natura destinadas ao mercado doméstico, e de outras 299,6 toneladas do produto que seriam vendidas para outros países. Os produtos foram produzidos em Dourados e podem estar contaminadas pela bactéria Salmonella enteritidis.

 

Segundo a Agência Brasil, os produtos: coxas e sobrecoxas sem osso, meio peito sem osso e sem pele (em embalagens de 15kgs), filezinhos de frango (embalagem de 1kg), filé de peito (embalagem de 2kg) e coração (embalagem de 1kg) produzidos nos dias 30 de outubro de 2018 e entre 5 e 12 de novembro de 2018, na unidade de Dourados (MS), receberam o carimbo de inspeção do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F. 18 ), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o que pode ser verificado na embalagem dos produtos.

 

Em nota, a empresa cita que optou por recolher por precaução e já avisou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a decisão.

 

Um grupo de especialistas iniciou a investigação das origens do problema a fim de adotar medidas para que a contaminação não volte a ocorrer. Ainda segundo a Agência Brasil, a produção da fábrica de Dourados está mantida, mas, de acordo com a BRF, “sob um processo rigoroso de manutenção e liberação dos produtos”. O objetivo é assegurar que a ocorrência foi pontual e não se repetirá.

 

A empresa lembra que Salmonella enteritidis não resiste ao tratamento com calor, sendo eliminadas quando os alimentos são cozidos, fritos ou assados. Caso os alimentos não sejam devidamente preparados, a bactéria pode causar infecção gastrointestinal. Os sintomas mais comuns são: dores abdominais, diarreia, febre e vômito.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix