Dourados/MS, Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 12h:56
Tamanho do texto A - A+

ANP divulga pesquisa apontando alta da gasolina em 1,5%

No Estado, valor médio do litro chega aos R$ 4,69

Flavia Andrade
Capital News

Arquivo

Pesquisa do Procon mostra variação de até 8,5 % na gasolina em Dourados

Pesquisa foi realizada entre 7 e 13 de abril.

Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis divulga pesquisa realizada entre 7 e 13 de abril, apontando alta no valor médio do litro da gasolina em Mato Grosso do Sul. Nesta semana, o reajuste foi de 1,54% chegando aos R$ 4,699.

 

Conforme dados da pesquisa, o preço médio ficou em R$ 4,152. Coxim registrou a alta mais significativa, 4,41%, subindo para R$ 4,541. Em Dourados o aumento foi de 2,61% com valor de R$ 4,313 o litro.

 

Na Capital, o preço médio encontrado nos postos de combustíveis são de R$ 4,037, aumento de 1,43% na semana. Considerando o valor médio mais barato e o posto de combustíveis com o preço mais em conta: R$ 3,899. Na região do Pantanal, em Corumbá o combustível subiu 1,52% chegando aos R$ 4,541.

 

Nova Andradina foi quem registrou o valor mais caro da semana no Estado, R$ 4,699. O aumento foi de 0,90%, com preço médio a R$ 4,328. O percentual foi o mesmo em Três Lagoas, passando para R$ 4,356.

 

Cerca de 88 estabelecimentos de Mato Grosso do Sul foram analisados registrando 20,51% nesta semana.

 

O Etanol também sofreu reajuste registrando aumento de 0,05%, chegando aos R$ 3,410. A maior alta no Estado foi encontrada na cidade de Dourados, 1,75%, registrando média de R$ 3,535 o litro. Já em Três Lagoas a alta foi de 1,28%, passando para R$ 3,698.

 

Ainda conforme a pesquisa da ANP, o combustível subiu em Corumbá 0,05%, custando R$ 3,712, e também em Nova Andradina 0,43%, chegando aos R$ 3,478.

 

Na Capital houve queda no preço, registrando 0,48%, passando para R$ 3,300, em Coxim 0,75%, chegando aos R$ 3,564. Em Ponta Porã o valor médio do combustível se manteve em R$ 3,597. Ao todo, cerca de 85 estabelecimentos estiveram na pesquisa da ANP.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix