Dourados/MS, Domingo, 24 de Setembro de 2017 | 09:46
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017, 20h:15
Tamanho do texto A - A+

Caixa apresenta crédito de R$ 58 milhões por ano em Dourados

Prefeita recebeu o gerente do banco público e citou as necessidades do município

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

A. Frota

Caixa apresenta crédito de R$ 58 milhões por ano em Dourados

Prefeita mantém o trabalho da administração em buscar saídas em meio à crise

A prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR) recebeu nesta terça-feira (25) o gerente da Caixa Econômica Federal em Dourados, José Zani Carrascosa, onde foram repassados os resultados de avaliação dos riscos de crédito do município e a disponibilidade de R$ 58 milhões por ano.

De acordo com o gerente, o financiamento poderá ser investido em várias áreas como reestruturar a máquina administrativa, recuperar a estrutura viária e de malha asfáltica na cidade, além empreender novas obras de mobilidade urbana.

“Temos o Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT), temos o Avançar Cidades, e o Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), programas nos quais a Prefeitura pode aderir”, disse Zani.

Para a prefeita, alguns pontos importantes como o recapeamento das vias e a drenagem de algumas localidades foram elencados e, dentro do possível, serão contemplados. “Nossa malha viária é antiga e está muito danificada, em alguns locais o tapa-buraco não resolve mais, por isso analisamos algumas frentes de recapeamento. No caso de drenagem, por exemplo, temos o Parque dos Jequitibás, bairro que tem projeto de asfalto pronto, mas falta recursos. Lá, uma vez iniciada a drenagem, abrimos os horizontes”, pontuou.

Uma nova reunião deverá ser marcada com prefeitos de toda a região. “Se Dourados se considera e atua como polo regional, precisa atuar como tal, agregando os demais municípios”, disse a prefeita.

O encontro foi marcado para o dia quando os representantes da Caixa Econômica Federal apresentarão os planos e as possibilidades de investimento para cada município. “Reafirmamos esta parceria uma vez que, como integrantes da sociedade douradense, queremos ver o município crescer como cidade e como polo regional”, disse José Zani.

Délia ressaltou o trabalho da administração em buscar saídas em meio à crise e informou que, não somente a Caixa, mas outras instituições podem apresentar condições de investimento em Dourados. “É importante buscar estas parcerias, estes meios. Uma vez que o país atravessa um momento difícil, a nossa meta é encontrar pontos positivos, saídas, melhoria”, finalizou.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix