Dourados/MS, Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 | 09:39
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 19 de Setembro de 2016, 08h:49
Tamanho do texto A - A+

Ministério do Trabalho aponta que Mato Grosso do Sul perdeu quase 8 mil empregos

A indústria de transformação foi o setor que mais fechou vagas no estado em 2015

Rogério Vidmantas
Capital News

Deurico / Arquivo Capital News

Números do emprego

Mato Grosso do Sul deixou de gerar quase 8 mil emprego no ano de 2015, diz relatório

O Ministério do Trabalho mostra através da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) que Mato Grosso do Sul perdeu 7.958 empregos formais em 2015. O resultado é o pior do Estado em 13 anos.

A informação divulgada na sexta (16), mostra também que de 2003 até 2014, o estoque de trabalhadores cresceu de 365.242 para 653.578 em Mato Grosso do Sul, com números positivos em todos os anos do período. O saldo negativo de 2015 reduziu o estoque estadual para 645.620, de acordo com a Rais.

Além dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que englobam os trabalhadores celetistas, os números da Rais também incluem os servidores públicos federais, estaduais e municipais, além de trabalhadores temporários.

A indústria de transformação foi o setor que mais fechou vagas no estado em 2015: -4.677. Construção civil também teve variação negativa: -4.280. Outros setores que tiveram recuo foram comércio (-1.543), administração pública (-414), extrativa mineral (-275) e serviços industriais de utilidade pública (-216).

Por outro lado, tiveram variação positiva serviços (2.302) e agropecuária, extrativa vegetal, caça e pesca (1.145).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix