Dourados/MS, Terça-Feira, 26 de Setembro de 2017 | 17:47
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017, 07h:16
Tamanho do texto A - A+

Operário de Dourados pode subir para Série A sem precisar entrar em campo

Clube de Dourados é o único com situação regularizada para a competição prevista para outubro

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/OAC

Operário AC pode subir sem precisar entrar em campo

Giovanni Marques e Daniel Medeiros entregam documentação do Operário ao presidente da Federação, Francisco Cezário

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) aguarda até o dia 15 de agosto a confirmação dos clubes que vão disputar a Série B do Campeonato Estadual. A competição, que aponta os dois times que vão ocupar as vagas de Ivinhema e Serc na primeira divisão, porém, pode não acontecer por falta de interesse, o que pode fazer com que a Série A não tenha todos os 12 lugares ocupados. Por enquanto, apenas o Operário AC, de Dourados, confirmou participação e pode garantir o acesso sem precisar entrar em campo.

Essa possibilidade foi levantada pelo vice-presidente e coordenador de competições da FFMS, Marcos Tavares. No último domingo, antes da rodada decisiva do Estadual Sub-19, ele disse em entrevista à webrádio Esporte MS que, caso na data limite não haja clubes suficientes para disputar a Série B, a primeira divisão pode acontecer com dez ou 11 participantes. “Nós temos duas vagas. Se houverem dois clubes inscritos regularmente, por direito esses sobem para a Série A sem jogar. O único confirmado, por enquanto, é o Operário de Dourados”, afirmou.

Caso não aconteça a Série B, Tavares descartou qualquer hipótese de Ivinhema e Serc seguirem entre os melhores do Estado. “Quem está rebaixado, está rebaixado. Não existe outra possibilidade. Se tivermos uma equipe inscrita, a Série A acontece com 11 times”. De acordo com essa análise, a Série B do Campeonato Estadual só será disputada com, no mínimo, três clubes postulantes ao acesso.

Operário
A possibilidade de ganhar vaga na primeira divisão, sem precisar entrar em campo, ainda não faz o comando do Operário de Dourados mudar o planejamento para a temporada. Com Comissão Técnica e elenco já escolhidos, o clube mantém a programação esperando a competição entre outubro e dezembro. “Jogadores e comissão técnica estão todos conversados. Só dependemos da Federação agora definir data de início. Caso o campeonato não aconteça, a comissão técnica inicia o trabalho com o Sub-19 e alguns atletas do profissional”, disse o presidente Daniel Medeiros, também sócio da Soccer Union, parceira do clube.

De acordo com o dirigente, caso se confirme a vaga na Série A 2018, o início do trabalho antecipado daria vantagem ao Operário na disputa pelas primeira posições. “De uma maneira ou de outra, vamos estar em atividade cinco meses antes do campeonato do ano que vem e, conquistando o acesso, vamos estar em um ritmo mais forte que os adversários”. Segundo Daniel, essa preparação tem objetivo específico. “Queremos conquistar a vaga na Copa do Brasil para a cidade de Dourados”, encerra.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix