Dourados/MS, Terça-Feira, 26 de Setembro de 2017 | 17:15
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quarta-Feira, 19 de Julho de 2017, 07h:18
Tamanho do texto A - A+

Sete de Dourados deve receber mais de R$ 50 mil por transferência de Lucas Leiva a Lazio

Jogador passou pelas categorias de base do clube com 15 anos, beneficiando tricolor no mecanismo de solidariedade da Fifa

Gian Nascimento
Capital News

Divulgação/Lazio

Sete de Dourados deve receber mais de R$ 50 mil por transferência de Lucas Leiva a Lazio

Volante se apresentou na Lazio nesta semana e Sete de Dourados deverá lucrar também com a transferência

Foram poucos jogos, porém a passagem de Lucas Leiva pelas categorias de base do Sete de Dourados ainda rende frutos ao clube sul-mato-grossense. Nesta semana, o volante douradense confirmou a transferência do Liverpool para a Lazio, da Itália, após dez anos atuando no futebol inglês. Com isso, Sete de Setembro e Grêmio, clubes que tiveram contrato de formação com o jogador também receberão uma parte dos R$ 20,8 milhões da transação.

Conforme determina o mecanismo de solidariedade da Fifa, desde que atue em ao menos um jogo e tenha contrato de formação válido, todos os clubes que o atleta defender entre os 12 e 23 anos receberão um percentual dentro do valor de 5% das três primeiras transferências. A primeira negociação envolvendo Lucas foi do Grêmio para o Liverpool, em 2007, por 9 milhões de euros, e o Sete conseguiu provar vínculo na base com o jogador e recebeu uma pequena fatia do valor.

Desta vez, o clube de Dourados deverá receber aproximadamente R$ 50 mil, equivalente a 0,25% do valor total da transferência com o clube italiano, já que Lucas defendeu o Sete quando tinha apenas 15 anos. O Grêmio, clube em que o volante atuou dos 15 aos 20 anos, receberá cerca de R$ 470 mil e o próprio Liverpool, onde o atleta esteve dos 20 aos 23 anos embolsará R$ 360 mil, além dos outros 95% da negociação.

Procurado para falar sobre os procedimentos para obter o recebimento do valor e possível investimento, o presidente do Sete, Alex Lima, preferiu não comentar sobre o assunto. Em contato com o Capital News, um ex-diretor do clube disse que há um acordo entre Grêmio e Sete para divisão em 50% dos valores vindos de futuras transferências de jogadores da base do time sul-mato-grossense que passe pela equipe gaúcha. Com isso, a parcela de arrecadação do tricolor douradense seria superior a R$ 200 mil, porém o mandatário do clube não confirmou o acordo.

Em mais de 20 anos desde a fundação, o Sete de Dourados trabalhou nos 11 primeiros anos apenas com as categorias de base, setor em que contou com mais investimentos nos últimos anos. Atualmente, o clube sul-mato-grossense exporta jogadores principalmente para o Estado de São Paulo e clubes da região Sul.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix