Dourados/MS, Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 | 06:58
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 10h:13
Tamanho do texto A - A+

Jô brilha, Sete vence Urso e garante vaga na segunda fase

Time douradense contou com tropeços de Ivinhema e Naviraiense em casa

Rogério Vidmantas
Capital News

Noá Faria

Jô brilha, Sete vence Urso e garante vaga na segunda fase

Dois gols e cruzamento para outro fizeram de Jô o melhor do jogo no Douradão

A noite não poderia ser mais perfeita para o Sete de Dourados. O time que começou a rodada na quarta posição, esteve em alguns momentos ameaçado pela chegada de adversários, venceu o Urso de Mundo Novo por 3 a 1 no Estádio Douradão e contou com tropeços de Ivinhema e Naviraiense, derrotados em casa por Águia Negra e Corumbaense, respectivamente, para garantir, junto com os outros vencedores, vaga na segunda fase. 

 

Depois de um primeiro tempo sem vencer por ter desperdiçado inúmeras chances, o lateral Jô apareceu com dois golaços e mudou a história do jogo e do time no campeonato.

 

Quando a bola rolou, logo aos dois minutos a tônica do primeiro tempo de criar oportunidades e não marcar apareceu. Jéferson foi lançado pela esquerda, invadiu a área, mas bateu para fora ao tentar tirar a bola do goleiro Roger Paranhos. Pouco depois foi a vez de Pablo ter a chance de marcar, mas chutou em cima do goleiro que defendeu e, logo em seguida, Jeferson não aproveitou outra chance.

 

Depois de uma queda no ritmo do jogo, começou a aparecer o lateral Jô. Em uma jogada que ele iniciou no meio, apareceu pela direita para receber o passe, se livrar da marcação e acertar a trave ao tentar encobrir Roger, adiantado no lance. Aos 39, a primeira jogada de perigo do Urso com Ailton, mas o chute parou em bela defesa de Wendel, terminando o primeiro tempo sem gols.

 

Na volta, a dupla Pablo e Jeferson continuou a perder gols. O primeiro aos três minutos em conclusão do primeiro que Roger defendeu e depois o segundo jogando o rebote para fora. Se não conseguiam marcar, foram mais felizes em armar as jogadas de ataque. Aos oito minutos, jeferson recebeu pelo meio e observou a passagem de Jô, livre pela esquerda. O toque foi na medida para o lateral ajeitar e bater firme para abrir o placar.

 

Livre da pressão para abrir o placar, o segundo gol saiu em seguida. Em jogada trabalhada pela esquerda aos 12 minutos, Jô cruzou e a bola chegou até Gustavo Rosolem que bateu cruzado, Roger ainda tocou na bola, mas não evitou o gol.  A vantagem acomodou o Sete, que permitiu o crescimento do Urso e Juvenil, cobrando pênalti que ele mesmo sofreu, diminui aos 22.

 

Aí voltou a aparecer Jô ao marcar o gol mais bonito do jogo. Gustavo foi derrubado próximo à área e a cobrança ficou a cargo do lateral. Com maestria, ele acertou o ângulo direito de Roger Paranhos que sequer esboçou reação e viu a bola estufar a rede pela terceira e última vez, fechando o placar do jogo.

 

Vaga garantida

 

A vitória só garantiria vaga antecipada do Sete com derrotas de Ivinhema e Naviraiense e foi o que aconteceu. No Estádio Saraivão, o Azulão recebeu o líder Águia Negra e foi derrotado por 3 a 2. Ao mesmo tempo, no Estádio Virotão, o CEN enfrentou o Corumbaense, vindo de cinco empates seguidos e técnico novo. Desajustado, o Jacaré perdeu por 4 a 2 e viu a sua situação seguir complicada.

 

Agora com 19 pontos, o já classificado Águia Negra vê a liderança do Grupo B cada vez mais consolidada. O Corumbaense retoma a segunda posição e também avança. Agora com 12 pontos, o Sete é mais um com a classificação garantida. O Urso tem 11 pontos e é o quarto colocado, mas com cinco seis pontos de vantagem sobre o Ivinhema, dificilmente deixará de passar de fase. O Azulão tem cinco pontos e briga mesmo é contra o rebaixamento com o lanterna Naviraiense, com apenas três e nenhuma vitória. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix