Dourados/MS, Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 | 07:15
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 06 de Dezembro de 2017, 10h:52
Tamanho do texto A - A+

Desarticulada célula do PCC que planejava morte de agentes penitenciários

Quatro integrantes da facção criminosa foram presos

Laura Holsback
Capital News

Célula da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foi desarticulada por policiais civis na noite desta terça-feira (5), em Dourados. Quatro integrantes que tinham a função de matar em espécie de “Tribunal do Júri do PCC” foram presos. Eles planejavam a morte de agentes penitenciários, segundo informações obtidas em investigação. 

 

Adilson Domingos - Lente Nervosa

Desarticulada célula do PCC que planejava morte de agentes penitenciários

Armas, celulares e munições foram apreendidas com o grupo

Conforme apuração pelo  jornalista Adilson Domingos, conhecido como Lente Nervosa, a prisão do grupo ocorreu em trabalho conjunto entre o setor de inteligência da Polícia Civil e da Polícia Militar. 

 

Em investigação, descobriu-se que a função dea célula do PCC era cometer crimes de homicídio na cidade, além de funcionar como o Tribunal do Júri do PCC. Ou seja, eles pegavam outros criminosos e julgavam mediante ordens do comando que atua de dentro dos presídios. Além disso, o grupo criminoso planejava matar agentes penitenciários de Dourados e região. 

 

Os presos foram identificados como: Éliton Vicente Gomes, 34 anos, Heliton Josuel Lara Souza, 32 ano,  Ailton Mendes da Silva, 19,  e Vanderson Douglas dos Santos, 20 anos. 

 

Como eles foi uma apreendida espingarda calibre 12, um revólver Magnum 357 e um revólver calibre 38. Eles foram presos na região do Jardim Paulista. Todos foram autuados por associação criminosa, porte e uso de arma de uso restrito.

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix