Dourados/MS, Segunda-Feira, 23 de Julho de 2018 | 09:25
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 10 de Julho de 2018, 10h:28
Tamanho do texto A - A+

Mecânico é assassinado com pancadas na cabeça

O corpo estava no chão da casa onde a vítima morava

Laura Holsback
Capital News

 

Adilson Domingos

Mecânico é achado morto com sinais de pancadas na cabeça

Corpo do homem foi achado hoje cedo por pedreiros

 

O mecânico Vilmar Inácio Schneider, 68 anos, foi assassinado na casa onde morava na rua Eikishi Sakaguti, no bairro Altos do Indaiá, em Dourados, na manhã desta terça-feira (9). Ele tinha marcas de violência na cabeça, que podem ter sido provadas por pauladas e pedradas.

 

Conforme as informações, o corpo foi achado por pedreiros que trabalham em uma obra ao lado do imóvel. Vítima era mecânico de carros e máquinas pesadas. Ele morava sozinho e estava em rigidez cadavérica.

 

Atrás de um sofá na sala havia escondido um cabo de machado que provavelmente fora usado para matar a vítima. Ele estava com manchas de sangue.

 

Inquérito policial foi aberto para investigação.

 

Adilson Domingos

Mecânico é achado morto com sinais de pancadas na cabeça

Cabo de machado estava sujo de sangue e pode ter sido usado no crime

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix