Dourados/MS, Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 11h:07
Tamanho do texto A - A+

Polícia descobre autores da morte de jovem que foi jogado em poço

Jovem se apresentou e disse que autores do crime a defenderam de um estupro

Renato Giansante
De Dourados para o Capital News

Divulgação/SIG

Polícia descobre autores da morte de jovem que foi jogado em poço

Jovem confessou o crime por ciúmes e foi preso em flagrante

A Polícia Civil, através do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Dourados, prendeu um jovem de 20 anos e apreendeu um menor acusados de serem os autores da morte de Junior Abraão da Silva, de 31 anos na terça-feira (12). O corpo da vítima foi encontrado com múltiplas lesões na cabeça e estava em poço localizado na área rural de Itaporã.

 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rodolfo Daltro, o SIG descobriu que Junior foi arrastado da área da Aldeia Jaguapiru, em Dourados, até o poço localizado no limite com o município de Itaporã.

 

“A vítima foi vista ingerindo bebidas alcoólicas com um outro homem de 20 anos e um menor de 16 anos antes de ser morto. Dessa forma passamos a procurar a dupla para esclarecer o crime”, disse o delegado.

 

Daltro ainda relatou que foi procurado por uma jovem de 18 anos que apresentou a versão de que a vítima tentava estuprá-la, momento em que os acusados chegaram e intercederam. Ela também afirmou o autor teria ciúmes de Junior e que, juntamente com o menor, chamou a vítima para ingerir bebidas alcoólicas com a intenção de cometer o crime. Junior teria sido atingido por pauladas e arrastado até um milharal onde foi apedrejado. O delegado diz que Junior foi jogado no poço ainda vivo e chegou a pedir para os autores pararem com a ação.

 

O jovem e o menor foram encaminhados à delegacia e confirmaram a versão da mulher. O acusado ainda disse que matou Junior por achar que ele tinha um caso com a jovem e confirmou que mesmo machucado e ensanguentado, fez sinais com as mãos para não ser jogado no poço.

 

O menor foi apreendido pela prática de ato infracional análogo à pratica de homicídio qualificado e o jovem preso em flagrante pela prática de homicídio qualificado, sendo representado pela decretação da Prisão Preventiva dele.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix