Dourados/MS, Domingo, 17 de Fevereiro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018, 12h:07
Tamanho do texto A - A+

Intervenção judicial pode garantir eleição na Câmara de Dourados

Definição da próxima Mesa Diretoria deveria ter acontecido na última sexta-feira

Rogério Vidmantas
Capital News

Filipe Prado/CMD

Câmara Dourados

Tentativas de votação tem sido sistematicamente obstruídas

A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Dourados deveria ter acontecido na última sexta-feira, mas a prisão de dois vereadores que fazem parte de uma das chapas e, consequentemente, ausência nas votações convocadas dos apoiadores desta tem impedido a conclusão do processo. Agora, uma intervenção judicial está em andamento para garantir quórum e concluir o pleito.

 

A informação é da presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD). Na manhã desta quarta-feira (12), ela disse ao Dourados News que a Procuradoria Jurídica já estaria com o pedido. “Recebi essa notícia com tranquilidade. Na decisão o juiz expressou exatamente o que vínhamos apresentando no Plenário. Não se muda o regimento de uma Casa de Leis apenas por conveniência de determinados grupos”, afirmou. 

 

Segundo ela, com a cassação, por parte do juiz José Domingues Filho, da 6ª Vara Cível de Dourados, ao pedido de liminar feito pela chapa “Legislativo Forte”, cujos candidatos à presidência e 2ª secretaria estão presos, cabe agora aos parlamentares fazerem a votação imediatamente após a notificação da justiça. A liminar que impedia o andamento da votação solicitava a nulidade da eleição e a definição de novas chapas, possibilitando a substituição dos vereadores Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB).

 

Essa mudança é apoiada por nove dos 17 vereadores da Casa, já considerando a substituição do também preso e licenciado Idenor Machado (PSDB) por Maurício Leme (PSB), mas o regimento interno impede a troca, que determina 48 horas antes da eleição para a oficialização das chapas. Os vereadores foram presos após esse prazo durante a Operação Cifra Negra. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix