Dourados/MS, Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 16h:11
Tamanho do texto A - A+

Prefeita Delia assina decreto criando o Poupatempo em Dourados

Estrutura deve concentrar em um único espaço físico a prestação de diversos serviços públicos

Leonardo Barbosa
Capital News

A. Frota/Assecom

Délia Razuk

A prefeita Délia Razuk assinou o docimento na manhã desta sexta-feira (14)

A partir do primeiro trimestre de 2019, os douradenses passarão a contar com o ‘Poupatempo’, que se caracteriza pela centralização de atendimento de serviços da administração direta e indireta, autarquias, empresas de economia mista, organizações sem fins lucrativos, fundações, empresas públicas ou privadas e agentes bancários e tem como finalidade dar agilidade ao atendimento ao cidadão. Decreto criando o serviço foi assinado pela prefeita Délia Razuk e publicado em edição suplementar do Diário Oficial do Município do dia 10 passado.

 

Com gestão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, o Poupatempo tem como objetivos concentrar em um único espaço físico a prestação de diversos serviços públicos, sendo o atendimento individual e direto ao cidadão; dar atendimento proporcionando diminuição de tempo e de custo para o cidadão; propiciar ao cidadão padrão de atendimento com qualidade e eficiência; acolher, orientar e informar a população sobre os procedimentos necessários para o acesso aos serviços disponíveis.

 

O Poupatempo tem como público-alvo cidadãos de Dourados e dos municípios que compõem a Grande Dourados. A meta de atendimento, somado todos os parceiros, é de 3 mil pessoas ao mês.

 

A Prefeitura de Dourados disponibilizará o espaço para funcionamento do Poupatempo, no prédio do antigo CSU, na Rua Salviano Pedroso, 1050, Jardim Água Boa.

 

No local, o cidadão contará com serviços da Agehab (Agência Municipal de Habitação), que fará cadastro de pessoas para participar dos loteamentos sociais e de programas da casa própria em programas federais. A Caixa Econômica Federal prestará atendimento como correspondente bancário e a Defensoria Pública Cível, com atendimento a usuários.

 

O Detran fará atendimentos relacionados a documentação de veículos; a Energisa terá um totem de autoatendimento sem recebimento bancário e a Sanesul fará atendimento aos usuários. 

 

 

Já o Procon prestará todos os serviços relacionados aos consumidores; a Secretaria de Desenvolvimento Econômico fará emissão de Carteira de Trabalho e Secretaria Municipal de Fazenda, atendimento com o setor de IPTU. Também são parceiros o Ministério Público do Trabalho, a Superintendência do Ministério do Trabalho e a Funtrab (Fundação do Trabalho).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix