Dourados/MS, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 | 19:14
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018, 13h:34
Tamanho do texto A - A+

‘Queremos o esclarecimentos dos fatos’, diz prefeita Délia Razuk sobre operação do Gaeco

Suposta contratação ilegal de professores é alvo de investigação do Ministério Público Estadual

Flávio Brito
Capital News

A. Frota/Assecom

Délia Razuk

Prefeita Délia Razuk garantiu que trabalho do Gaeco vai colocar um fim na polêmica sobre a distribuição de vagas

A prefeita de Dourados, Délia Razuk, afirmou em nota divulgada pela assessoria de imprensa que  recebeu com “naturalidade” a presença dos agentes do Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na Secretaria Municipal de Educação e no setor de Recursos Humanos da Secretaria de Administração para averiguações sobre a quantidade exata de vagas para professores da Educação Básica. A operação denominada “Volta às Aulas” foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (5). 

 

Segundo nota emitida à imprensa pelo Ministério Público Estadual, a investigação conduzida pela 16ª Promotoria de Justiça de Dourados apura a contratação ilegal de profissionais temporários para a rede municipal de ensino em detrimento de professores já aprovados em concurso público.

 

Para Délia a presença do Gaeco é de fundamental importância para se colocar definitivamente um ponto final na polêmica sobre as vagas para os professores. “Queremos o esclarecimentos dos fatos e, acima de tudo, cumprir estritamente a lei”, disse a prefeita, lembrando que o chamamento de professores concursados para estas vagas que eram ocupadas por contratados não pode provocar o descumprimento de outras normas legais, como exceder o limite de gastos com a folha de pagamento.

 

“Estamos prestando todas as informações para que as investigações sejam concluídas com sucesso”, explicou a prefeita ao garantir que o ano letivo vai começar no dia 15 de fevereiro, sem prejuízo aos alunos.

 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix