Dourados/MS, Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 07 de Dezembro de 2021, 17h:14
Tamanho do texto A - A+

Presídio em Corumbá recebe visita técnica do Depen

Cerimônia entre as três melhores unidades estão prevista para o mês de julho de 2022

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Portal MS

Presídio em Corumbá recebe visita técnica do Depen

Presídio de Corumbá

Estabelecimento Penal Feminino “Carlos Alberto Jonas Giordano” (EPFCAJG), em Corumbá, recebeu, na última semana, a visita técnica do coordenador-geral de Cidadania e Alternativas Penais, Cristiano Tavares Torquato, para avaliar presencialmente os quesitos elencados pelo órgão federal para a classificação dos 10 melhores. Ao final, serão premiadas as três melhores unidades, na sede do Depen, em cerimônia própria prevista para o mês de julho de 2022. 

Divulgação/Portal MS

Presídio em Corumbá recebe visita técnica do Depen

Torquato também participou da inauguração do Centro Integrado de Alternativas Penais

 

Durante a visita a Mato Grosso do Sul, o representante do Depen elogiou, ainda, o esforço da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) como um todo, "sempre buscando a melhoria do sistema prisional, com iniciativas que visam à cidadania das pessoas que cumprem pena nos estabelecimentos prisionais".  "Em função desses esforços que o Depen observa aqui em MS, proporcionamos vários convênios para financiamentos de obras, doações de viaturas e equipamentos", pontuou.

 

As classificações preliminares se basearam em dados disponibilizados no Sisdepen, sendo avaliadas tanto as melhores quanto as piores unidades prisionais de regimes fechado, semiaberto e as destinadas a presos provisórios em todo o país. O objetivo é incentivar todos às estabelecimentos penais a melhorarem seus indicadores e como consequência contribuir para melhora sistemática do panorama prisional brasileiro. "Tanto as mais profissionalizadas para servirem de referência, como para perceber as que estão com baixo desempenho a fim de que se procedam melhorias", explicou.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix