Dourados/MS, Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019, 16h:14
Tamanho do texto A - A+

BRF S.A Dourados está na lista de exportadores habilitados para a Arábia Saudita

Carnes e aves da região serão exportadas para o País

Flavia Andrade
Capital News

Reprodução/Mapa

BRF S.A Dourados está na lista de exportadores habilitados para a Arábia Saudita

Carnes e aves da região serão exportadas para o País

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou no site oficial o relatório publicado pelo serviço sanitário da Arábia Saudita, habilitando 25 estabelecimentos brasileiros como exportadores de carne de frango para aquele país. Entre os estabelecimentos consta a BRF S.A unidade de Dourados. 

 

A visita realizada pelo grupo do Reino Unido encaminhou ao Brasil, em outubro de 2018, trouxe a possibilidade de aprovação destes estabelecimentos. Onde, na ocasião foram visitados frigoríficos, fazendas e fábricas de ração.

 

Os 25 estabelecimentos habilitados responderam em 2018, por 63% do volume das exportações brasileiras de carne de frango, a porcentagem que correspondeu a cerca de 437 mil toneladas, para a Arábia Saudita.

 

O Ministério ainda está examinando o relatório e encaminhará aos estabelecimentos as recomendações apresentadas.

 

a BRF S.A. é uma empresa Com mais de 80 anos de vida, sendo considerada uma das maiores companhias de alimentos do mundo, graças ao nascimento de suas principais marcas. Na década de 1930, no interior de Santa Catarina, surgiu a Perdigão como um pequeno negócio de duas famílias de imigrantes italianos. Na década de 1940, foi a vez de Concórdia, também em Santa Catarina, receber a Sadia. De lá para cá, a fusão desses dois negócios, em 2009, deu origem a um dos maiores complexos agroindustriais do mundo, a BRF. Uma das unidades da BRF S.A. encontra-se no município de Dourados.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix